SalmosSelect another book


Chapter 40 of 150

1Ao mestre de canto. Salmo de Davi.*

2Feliz quem se lembra do necessitado e do pobre, porque no dia da desgraça o Senhor o salvará.

3O Senhor há de guardá-lo e o conservará vivo, há de torná-lo feliz na terra e não o abandonará à mercê de seus inimigos.

4O Senhor o assistirá no leito de dores, e na sua doença o reconfortará.

5Quanto a mim, eu vos digo: “Piedade para mim, Senhor; sarai-me, porque pequei contra vós”.

6Meus inimigos falam de mim maldizendo: “Quando há de morrer e se extinguir o seu nome?”.

7Se alguém me vem visitar, fala hipocritamente. Seu coração recolhe calúnias e, saindo fora, se apressa em divulgá-las.

8Todos os que me odeiam murmuram contra mim, e só procuram fazer-me mal.

9“Um mal mortal – dizem eles – o atingiu; ei-lo deitado, para não mais se levantar.”

10Até o próprio amigo em que eu confiava, que partilhava do meu pão, levantou contra mim o calcanhar.*

11Ao menos vós, Senhor, tende piedade de mim; erguei-me, para eu lhes dar a paga que merecem.

12Nisso verei que me sois favorável, se meu inimigo não triunfar de mim.

13Vós, porém, me conservareis incólume, e na vossa presença me poreis para sempre.

14Bendito seja o Senhor, Deus de Israel, de eternidade em eternidade! Assim seja! Assim seja!*