SalmosSelect another book


Chapter 49 of 150

1Salmo de Asaf. Falou o Senhor Deus e convocou toda a terra, desde o levante até o poente.*

2Do alto de Sião, ideal de beleza, Deus refulgiu:

3nosso Deus vem vindo e não se calará. Um fogo abrasador o precede; ao seu redor, furiosa tempestade.

4Do alto ele convoca os céus e a terra para julgar seu povo:

5“Reuni os meus fiéis, que selaram comigo aliança pelo sacrifício”.

6E os céus proclamam sua justiça, porque é o próprio Deus quem vai julgar.

7“Escutai, ó meu povo, que eu vou falar: Israel, vou testemunhar contra ti. Deus, o teu Deus, sou eu.

8Não te repreendo pelos teus sacrifícios, pois teus holocaustos estão sempre diante de mim.

9Não preciso do novilho do teu estábulo, nem dos cabritos de teus apriscos,

10pois minhas são todas as feras das matas; há milhares de animais nos meus montes.

11Conheço todos os pássaros do céu, e tudo o que se move nos campos.

12Se tivesse fome, não precisava dizer-te, porque minha é a terra e tudo o que ela contém.

13Porventura preciso comer carne de touros, ou beber sangue de cabrito?

14Oferece, antes, a Deus um sacrifício de louvor e cumpre teus votos para com o Altíssimo.*

15Invoca-me nos dias de tribulação, e eu te livrarei e me darás glória.”

16Ao pecador, porém, Deus diz: “Por que recitas os meus mandamentos, e tens na boca as palavras da minha aliança?

17Tu que aborreces meus ensinamentos e rejeitas minhas palavras?

18Se vês um ladrão, te ajuntas a ele, e com adúlteros te associas.

19Dás plena licença à tua boca para o mal e tua língua trama fraudes.

20Tu te assentas para falar contra teu irmão, cobres de calúnias o filho de tua própria mãe.

21Eis o que fazes, e eu hei de me calar? Pensas que eu sou igual a ti? Não, mas vou te repreender e te lançar em rosto os teus pecados”.

22Compreendei bem isto, vós que vos esqueceis de Deus: não suceda que eu vos arrebate e não haja quem vos salve.

23Honra-me quem oferece um sacrifício de louvor; ao que procede retamente, a este eu mostrarei a salvação de Deus.